No momento você está vendo Facilite a rotina da sua empresa com a gestão de conhecimento

Facilite a rotina da sua empresa com a gestão de conhecimento

Engana-se quem pensa que a gestão do conhecimento é algo limitado a escolas, graduações e bibliotecas, pois o meio corporativo também necessita desse tipo de gestão.

E quando falamos dessa gestão no ambiente corporativo, falamos sobre realizar uma curadoria de todo o material referencial teórico e prático de uma empresa.

Então, se você tem interesse em como transformar informações do seu negócio em conhecimento, basta seguir a leitura conosco, pois nesse artigo vamos abordar como colocar esse conceito em prática.

O que é a gestão do conhecimento?

A gestão do conhecimento é o ato de reconhecer, analisar e catalogar todo o conhecimento de uma empresa.

E por abordar o conhecimento de toda uma empresa, se trata de um método multidisciplinar, uma vez que reúne todas as informações, habilidades e competências de diversos setores.

Qual é o principal objetivo da gestão de conhecimento?

Existem quatro objetivos principais dentro da gestão de conhecimento:

  • capturar o conhecimento;
  • melhorar o acesso ao conhecimento;
  • melhorar o ambiente organizacional;
  • dar mais valor ao conhecimento disponível.

A captura do conhecimento diz respeito ao objetivo de criar repositórios de informações que sejam estruturadas em apresentações, documentos, relatórios, manuais, artigos e até mesmo memorandos para serem resgatados com facilidade sempre que for preciso.

A melhoria do acesso ao conhecimento é um objetivo para facilitar o acesso e transferência de informações sobre a empresa para outras pessoas

A melhoria do ambiente organizacional é o objetivo que visa a criação de Políticas de incentivo para compartilhar esses ensinamentos entre as pessoas.

Por fim, o objetivo de dar mais valor ao conhecimento disponível fala por si próprio, pois se trata de valorizar o capital intelectual de uma organização e aproveitá-lo para conseguir mais receita, inovação e redução de custos.

Importância de fazer a gestão de conhecimento da empresa

Fazer a gestão de conhecimento da empresa é importante porque possibilita realizar um mapeamento de quais são as competências que o seu time domina.

Deste modo você consegue materializar o conhecimento em procedimentos e não precisa mais tomar tempo de determinados colaboradores durante a rotina de trabalho.

Essa gestão também é importante porque torna o espaço de trabalho mais democrático e menos centralizado em uma única pessoa que detém boa parte do conhecimento das funções.

Quais os tipos de gestão do conhecimento?

Existem seis tipos de gestão do conhecimento:

  • a inteligência competitiva;
  • a educação corporativa;
  • a gestão de competências;
  • a gestão do capital intelectual;
  • a gestão da informação;
  • a aprendizagem organizacional.

Entenda mais sobre cada uma delas na sequência.

gerenciar conhecimento

1- Inteligência competitiva

A inteligência competitiva é uma forma da sua organização buscar por inovação e melhorias para se destacar diante da concorrência.

Com esse tipo de gestão você consegue monitorar o mercado, avaliar e criar novas tendências, além de analisar os riscos de se envolver em novas estratégias para sair na frente dos seus concorrentes.

Neste cenário, o benchmarking é uma das principais ações que envolvem entrar em cena com a inteligência competitiva.

2- Educação corporativa

A educação corporativa envolve todos os aspectos que dizem respeito à cultura organizacional de um negócio e que representam as metas e identidade da empresa.

Aqui se destacam a missão, visão e valores que todo negócio precisa ter pré-estabelecido para alinhar com as expectativas de trabalho e protocolos internos.

O foco neste objetivo é que além da liderança, todos os colaboradores da empresa trabalham em sintonia com esses princípios de missão, visão e valores. 

E é aí que a educação corporativa entra em cena.

3- Gestão de competências

A gestão de competências é um passo que está totalmente ligado à organização e planejamento do conhecimento básico para o funcionamento da empresa.

Entre as principais atribuições desta gestão estão:

  • identificar quais são as tendências do mercado que envolvem requisitos de vagas;
  • avaliar as tendências do mercado no que diz respeito a novas ferramentas, como aplicativos e softwares que melhoram a rotina de trabalho;
  • identificar novas áreas do conhecimento que fazem sentido para a sua empresa e que são fruto de pesquisas acadêmicas recentes.

4- Gestão do capital intelectual

Chamamos de capital intelectual de uma organização todo o conhecimento, criatividade e inteligência de cada setor.

Na prática, para fazer a gestão do capital intelectual é preciso analisar as competências de cada colaborador da empresa e como elas podem ser difundidas e compartilhadas no ambiente interno.

Esse tipo de gestão destaca a importância de manter uma cultura do conhecimento compartilhado para a empresa crescer, além de valorizar cada colaborador e ressaltar a importância de reter talentos para diminuir o turnover.

5- Gestão da informação

A gestão da informação é o que permite ter uma estruturação sólida de toda a gestão do conhecimento do seu negócio.

Ela envolve fazer uma filtragem para avaliar o quão autêntico é todo material que você recolheu durante o mapeamento da gestão da informação.

Assim é garantido a segurança das informações que foram recolhidas e que serão compartilhadas com o restante da empresa e a proteção deste conteúdo de  possíveis espionagens corporativas e ciberataques. 

6- Aprendizagem organizacional

Para finalizar o processo de educação corporativa compartilhada é necessário definir critérios e parâmetros de aprendizagem e organizacional.

Nesse ponto é preciso ter em mente que toda aprendizagem da sua empresa precisa ser voltada para o coletivo.

Dessa forma fica mais fácil otimizar, por exemplo, treinamentos e processos de onboarding com o intuito de aumentar a motivação e o sentimento de pertencimento de todos os colaboradores da sua empresa.

Como fazer gestão de conhecimento da empresa

Abaixo, explicamos como fazer uma gestão de conhecimento da sua empresa. Confira!

como fazer gestão do conhecimento

Contrate um Intranet corporativo

A intranet corporativa é um espaço em que você pode armazenar todos os tipos de conteúdo referentes às informações da sua empresa, desde artigos, vídeos, ebooks, PDFs e muito mais.

Além do mais, essa tecnologia permite que em um único espaço você gerencie todas as atividades de todos os setores e colaboradores do seu negócio.

Treine a equipe para produção de conteúdo

Investir em treinamento para que a sua equipe produza conteúdo é fundamental quando falamos da gestão de conhecimento.

Lembre-se que através dessa criação que todas as informações serão difundidas aos outros colaboradores e tornarão o conhecimento sobre o seu negócio e sobre as atividades internas mais democrático.

Armazene o conteúdo de forma organizada

É fundamental que o conteúdo que envolve o conhecimento da sua empresa esteja armazenado de forma organizada, pois o intuito de sua criação é que ele seja de fácil acesso para todos os setores e todos os colaboradores.

Tenha uma cultura organizacional que estimule a troca de conhecimento

A cultura organizacional é o que move o ambiente interno de uma empresa, portanto, é fundamental que o seu negócio tenha uma cultura organizacional capaz de estimular a troca de conhecimento entre os colaboradores e setores para que a gestão de conhecimento flua naturalmente.

Conheça a Workhub Digital, a intranet com mais de 50 funcionalidades que potencializarão a gestão de conhecimento da sua empresa.

Conclusão

Agora você já está por dentro de o que é uma gestão de conhecimento e  de o que você pode fazer para começá-la dentro da sua empresa.

E lembre-se que nesse processo você pode e deve contar com todas as funcionalidades que uma Intranet, como a da Workhub, disponibiliza para o seu negócio. 

Veja também: Employee experience: o que é, benefícios e como implementar na sua empresa

Compartilhe!

Andréa Migliori

CEO da Workhub Digital, nos últimos 20 anos conduziu projetos de comunicação interna, implantação de intranets e portais corporativos para empresas de médio e grande porte, nacionais e internacionais.